General Data Protection Regulation (GDPR)

A regulamentação General Data Protection Regulation (GDPR) ficou efetiva desde o dia 25 de maio de 2018. 

O GDPR atinge todas as organizações com mais de 250 funcionários, em todas as indústrias, e em todas as regiões, mesmo aquelas que estão fora da UE, mas que coletam e armazenam informações pessoais de cidadãos da UE.

Essas informações pessoais podem ser o nome, foto, endereço de e-mail, detalhes médicos, detalhes bancários, posts em redes sociais e muitas outras informações relativas a privacidade do cidadão.

Um dos pontos importantes sobre essa regulamentação é que quando ocorre uma violação de dados, as organizações devem notificar a Autoridade de Proteção de Dados (DPA) local e todos os clientes afetados dentro de 72 horas. As violações da conformidade com o GDPR podem gerar constrangimento público para a organização, multas pesadas de até quatro por cento da receita global ou 20 milhões de euros (o que for maior).

Para as empresas que se enquadram na regulamentação do GPDR se tornará agora ainda mais crítico responder questões do tipo:

-Onde estão os dados confidenciais armazenados? Quem está acessando e quem deve acessá-los?

Mas isso não deve se restringir apenas as empresas que enquadram no GPDR, esse deve ser uma conscientização geral

Um ponto importante sobre o GDPR é que as empresas devem ter o controle das informações pessoais das pessoas de forma que seja transparente o seu uso e lhes garanta o direito da total exclusão dessas informações caso seja solicitado.

Esse talvez seja um ponto inicial para que o conceito de direito ao esquecimento (Right to be forgotten) onde os indivíduos têm o direito civil de solicitar que as informações pessoais sejam removidas da Internet seja enfim aplicado.

Sobre as violações dos dados no que diz respeito o GDPR temos por base os pilares da segurança da informação conhecido como CIA (Confidentiality, Integrity and Availability) no português, confidencialidade, integridade e disponibilidade:

  • Confidencialidade - Divulgação não autorizada ou acesso a dados pessoais
  • Integridade - Alteração não autorizada de dados pessoais
  • Disponibilidade - Destruição acidental ou ilegal ou perda de dados pessoais

A segurança e a conformidade com o GDPR é um processo circular contínuo dividido em três pilares.

 

Governar, controlar e consolidar

Este pilar é o responsável por reduzir o risco e garantir agilidade:

  • Simplifique processos e segurança
  • “Mudança Segura” - reduza o risco de mudança por meio de automação
  • Restaure as operações de negócios rapidamente
  • Minimize a superfície de ataque
  • Ativar propriedade por meio de delegação
  • Modernize e consolide

Soluções Quest que que ajudam a alcançar esses objetivos:

Descobrir e avaliar

Esse pilar permite que você conheça e planeje seu ambiente de TI

  • Obtenha insights: saiba quem, o quê e por quê
  • Ative a identificação de acesso inadequada
  • Garanta acesso privilegiado com menor risco
  • Visibilidade em ambientes complexos

Solução Quest relacionada

Monitorar e Investigar

Se refere a capacidade de conformidade operacional

  • Aplicação Automatizada de Políticas
  • Detecte e audite atividades suspeitas ou acesso não autorizado
  • Gere alertas em tempo real
  • Evite alterações críticas ou acesso não autorizado
  • Investigue rapidamente com análise forense
  • Retenção de log de eventos de longo prazo

Soluções Quest relacionadas

 

Para saber mais acesse www.quest.com/GDPR

Anonymous