Gerenciamento de patch - Uma maneira simples

Gerenciamento de patch - Uma maneira simples

Os ambientes de TI estão se tornando cada vez mais complexos e as equipes de TI estão sobrecarregadas com cargas de trabalho cada vez maiores. A chave para gerenciar o seu ambiente de TI de maneira eficaz é mantê-lo simples, principalmente no que diz respeito à importante tarefa de gerenciamento de patch. Uma solução automatizada de gerenciamento de sistemas pode ajudar você a eliminar tarefas de gerenciamento de patch manuais, tediosas e demoradas e liberar tempo e recursos que podem ser usados em esforços mais estratégicos. Neste post, falo sobre algumas das principais práticas que podem reduzir significativamente a sobrecarga do gerenciamento de patch.

Primeiro, é importante notar que a sua solução de gerenciamento de sistemas deve melhorar substancialmente a sua postura de segurança. Uma abordagem de defesa aprofundada é absolutamente essencial para que qualquer estratégia de segurança seja eficaz. Geralmente, isso inclui uma estratégia de gerenciamento de patch sólida, juntamente com uma combinação de outras soluções, como antivírus, firewalls, sistemas de detecção de intrusão, firewalls de aplicativos da web etc. Aqui, destaco alguns dos principais recursos de um sistema de gerenciamento de patch eficiente.

Ganhe visibilidade sobre o que está acontecendo na sua rede

Para gerenciar e controlar o seu ambiente de TI, é necessário ter visibilidade sobre o que está acontecendo na sua rede para identificar exatamente o que há nela, incluindo todos os computadores e dispositivos, sejam eles gerenciados, não gerenciados ou invasores. É necessário apenas um hacker para obter acesso a um único sistema e derrubar toda a sua rede, portanto você não pode se dar ao luxo de ter pontos cegos. Fazer o inventário dos seus ativos manualmente é um processo extremamente tedioso, demorado e sujeito a erros.

A maneira simples de obter um inventário preciso de toda a sua rede é automatizar a descoberta de dispositivos e a avaliação de inventário. Você também precisará gerenciar um número cada vez maior de dispositivos não computacionais, como dispositivos de rede, impressoras, roteadores, switches, projetores etc., usando a mesma solução. Isso elimina a complexidade e o tempo associado à integração de informações de várias soluções, precisando, assim, de menos intervenção manual e abrindo menos espaço para o erro humano.

Ganhe a capacidade de verificar a sua rede

Embora seja fundamental ter visibilidade sobre o que está acontecendo na sua rede, esse é apenas o começo. É necessário realizar uma verificação automatizada da sua rede para localizar e identificar todos os sistemas ativos. Depois, você deve verificar cada sistema para identificar o tipo de hardware e os aplicativos de software. Quando eles forem identificados, conduza uma avaliação de patches para identificar quais aplicativos estão atualizados e quais precisam de patches. Com a ferramenta certa, é possível usar um único processo automatizado para determinar rapidamente o estado atual da sua rede. Você saberá o que você tem e quanto de esforço é necessário para fazer o gerenciamento de patch. Para implementar um processo de gerenciamento de patch eficiente, será necessário realizar verificações periódicas e avaliações de patch das verificações de integridade a fim de identificar as áreas que precisam da sua atenção.

Uma solução eficaz dará a você a capacidade de identificar os problemas por nível de gravidade, permitindo que você use uma abordagem progressiva para resolver os problemas, definindo quais são os mais urgentes. Usar uma abordagem progressiva para implantar patches torna todo o processo muito mais gerenciável e eficiente, melhorando a sua postura de segurança geral.

Implementação de uma solução centralizada

Implantar uma solução centralizada e única para todos os patches, em vez de implantar diferentes soluções pontuais para corrigir vários sistemas, simplificará o processo de patch. Muitas organizações de TI mantêm soluções de patch distintas para a Microsoft, hardware baseados em PC, computadores Mac, client systems, servidores e para softwares de terceiros, como Adobe e Java.

Ao centralizar e consolidar o gerenciamento de diferentes sistemas operacionais e aplicativos com uma única solução de patch, você conseguirá identificar pontos cegos que soluções pontuais não pegam. Do ponto de vista da segurança unificada, identificar essas vulnerabilidades é fundamental. Uma única solução também reduz significativamente a complexidade da nossa infraestrutura de TI ao eliminar a manutenção de várias soluções de patch.
Para saber mais sobre como simplificar o gerenciamento de patch, leia o white paper "Nove dicas simples (porém críticas) para gerenciar patches com eficiência". 

Faça o download do white paper

Anonymous