Protegendo sua rede e endpoints com os 20 controles de segurança críticos do SANS Institute

Mais dispositivos conectados significa mais possíveis violações de segurança. Você precisar saber quais dispositivos estão se conectando à sua rede e qual software está nesses dispositivos. Então, você precisa gerenciar, de maneira eficaz, as configurações de seus endpoints (desktops, notebooks, tablets, dispositivos móveis, servidores e muito mais) e verificar automática e continuamente a sua rede em busca de novos ativos e vulnerabilidades. Você também deve incluir a segurança das aplicações, certificando-se de que elas tenham recebido os patches e estejam atualizadas, especialmente softwares de segurança críticos como aplicações de antivírus. E você precisará de controles mais rígidos sobre privilégios administrativos, uma vez que os usuários finais continuam sendo os catalisadores de violações de segurança.

Este documento explora quais tendências de mercado estão complicando a segurança de endpoints hoje e explica os 20 controles de segurança críticos definidos pelo SANS Institute para garantir a segurança de endpoints.

Fazer download de seu white paper gratuito